terça-feira, 1 de novembro de 2016

Além deste horizonte




Entre o céu e o mar

Na imensidão do profundo mar,
Que não tem intervalo, e nem medida,
Contemplo o horizonte, pensativa
E procuro, na vastidão, alcançar
Ao menos, o rastro de um sonho
Que se foi, deixando-me perdida,
No espaço entre o céu e o mar.

Jane Moreira



Nenhum comentário:

Postar um comentário