terça-feira, 1 de novembro de 2016

Ao meu Pai


Papai




Ao meu Pai

Porque hoje,
Mesmo estando você no outro lado, eu te abraço
Porque hoje
Todos estão comemorando ao lado dos seus
Porque hoje,
O caminho que eu traço
É o caminho que você ensinou,
Porque hoje a saudade ainda dói...
Porque ainda hoje, não consigo
Ser poetisa, ser nada mais que sua filha.
Sua filha que te ama
Jane Moreira
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Pai!


Ele chegou sorridente,
Já trazia a alma em festa.
Entrou no berçário, contente
E apontou: minha filha é esta.

E foi assim nosso primeiro encontro
E nosso primeiro grande presente.
Um dia, dar-se-á nosso reencontro,
Numa nova condição permanente.

E presente, ainda em minha vida,
Aquele que foi responsabilidade
E que ficou depois de sua partida...

Ele partiu ainda na flor da idade,
Aos sessenta e eu, ainda hoje, aturdida,
Pela infinita dor da saudade.

Jane Moreira




Nenhum comentário:

Postar um comentário