sábado, 4 de outubro de 2014

De vento e saudade








De vento e saudade

Quando o vento por mim passa
E traz com ele aromas e sabores
A saudade de meus antigos amores
Invade meu peito com força e me enlaça,
Enquanto a lágrima presa meu olhar embaça.
As cores dos tempos felizes ficam a dançar,
Mas é de tristeza que se colore meu olhar...
E eu sinto no peito a dor de quem se perdeu
E, em vida, se trancou, sem nada de seu.
E é assim que fico esperando outro vento passar...

Jane Moreira



Outubro







Outubro

Outubro chegou radiante
Trouxe flores na bagagem
Que florescem num instante
Depois da longa estiagem

E vieram as borboletas
Passarinhos se casaram
E os casais se enamoraram
Eis o perfeito cenário do poeta.
Jane Moreira