terça-feira, 30 de setembro de 2014

Vamos seguir





Vamos seguir

Vem…Vamos seguir
Juntos o caminho
Das nossas vidas.
Vem...Não vás sozinho...

Deixa o passado ser história,
Pois já não há encanto
Em qualquer canto
De nossa memória...

Foi percurso sem brilho,
Amor sem cuidado;
Duas almas fora do trilho,
Amor sem chama, acanhado.

Não podemos mudar o passado,
Mas é fácil construir o futuro.
Pelo tanto que já temos caminhado,
Vamos sair desse beco escuro!


Jane Moreira



Engano





Engano

Eu hoje me arrependo
Do que fiz e do que não fiz...
Entrei na cova dos leões, desarmada
E, quando senti a dor da punhalada,
Já era tarde demais.

Quando eu pensava
Que tudo era certeza,
Tantas vezes renunciei, enquanto mentia,
Para não arranhar a beleza
Que, na verdade, não existia...

A realidade dura e ferina
Na verdade, eu não percebia
E nem o esforço que, de mim, se exigia...
E a perfídia era como a morfina,
Que em mim se instalava.

Cada falsidade dos tempos atrás,
Hoje é revolta e lamento
De quem viu de perto o sofrimento.
E cada lamento é uma lágrima a mais,
Na lembrança de antigos ideais.



Jane Moreira




Louvor






Louvor

Benditas são, entre todas,
As anônimas mãos calejadas
De irmãos na terra e na enxada,

São benditos os frutos
Do seio da terra por eles semeados
E que nos mantém saciados.

Santas mãos milagrosas,
Fiéis amantes da terra
E de suas frutas viçosas,

Mais que a chuva, mais que o sol,
De suas mãos, o afago amoroso
É o adubo mais poderoso.

Jane Moreira