quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Mãos perfumadas

Mote:
Mãos abençoadas que limpam ,
enquanto há outras que só sujam ...

Angela Chagas



Mãos perfumadas

O sol nasce em esplendor,
Ela caminha bem cedinho,
Não vê o beija-flor,
Nem as rosas do seu caminho.

De sua importante missão,
Ela nunca se descuida.
O perfume de suas mãos
É o da caridade fluida.

Ela não sabe de maldades,
Sua mente é puro amor.
É flor de sensibilidade.

Seu acordo com o criador
É segredo é grandiosidade,
É o oposto do predador.



Jane Moreira



Nenhum comentário:

Postar um comentário