terça-feira, 30 de setembro de 2014

Louvor






Louvor

Benditas são, entre todas,
As anônimas mãos calejadas
De irmãos na terra e na enxada,

São benditos os frutos
Do seio da terra por eles semeados
E que nos mantém saciados.

Santas mãos milagrosas,
Fiéis amantes da terra
E de suas frutas viçosas,

Mais que a chuva, mais que o sol,
De suas mãos, o afago amoroso
É o adubo mais poderoso.

Jane Moreira




Nenhum comentário:

Postar um comentário