quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Fomos





Fomos

Fui, de tudo
O que se pode ser, tudo!
Fui sombra para te proteger
E mar para te alegrar.

Fui lua para te seduzir,
Tapete para tu passares.
Estrelas para te abrilhantar.
E pôr do sol para te colorir.

E fui a ponte sobre os rios
Para que nada te entristecesse
Você foi o engodo e a mentira
E nada que eu merecesse...

E se eu fui tudo
O que podia.e tu fostes
o tudo que feria,
logo,eu fui o nada que te servia.




Nenhum comentário:

Postar um comentário