domingo, 17 de agosto de 2014

Mudanças


Mote:
"quero o lilás
pintando meu peito agreste
abraço, de novo, a paz."
(Lena Ferreira)







Mudanças

Minhas memórias,
Minhas histórias,
Que eu conto em poesia
Em tom de nostalgia...

Minha infância azul
Dias repletos de riso,
Mentes vazias de siso...

Saí do azul, qual borboleta
E passei por muitas cores
E sofri mais tantas dores.

Não quis mais ser borboleta.
Da dor intrínseca me fiz liberta,
Envolta na luz violeta.

E me faço feliz, na cor lilás,
Da força serena,
Que me enlaça na Paz.

Jane Moreira





Nenhum comentário:

Postar um comentário