sábado, 2 de novembro de 2013

De memórias e segredos

Mote:
Guardei-me para ti

Guardei-me para ti como um segredo 
........................................................
E me cries com teu gesto 
Que nem sonhei.
Lya Luft
   




De memórias e segredos

Onde ficarão guardadas
Memórias de tempos ideais,
Memórias de entes amados,
Memórias de quem nem é mais?

Onde ficarão as memórias
De lutas e amores,
De derrotas e vitórias,
De sonhos e de dores?

Onde ficarão essas memórias
De amor, de ódio ou de alegria?
Onde ficarão nossas histórias
As que se tronaram nostalgia?

Onde ficarão os dias felizes
Que não vivi, mas sonhei?
E até aqueles pequenos deslizes,
Que escondi, jamais contei?

E, mais que tudo, onde deixarei guardadas
As lembranças de desejos podados,
As estradas que foram fechadas,
E todas as lágrimas ocultadas?

Jane Moreira






Nenhum comentário:

Postar um comentário