sábado, 12 de outubro de 2013

Chamamento

Mote:
A alma do meu sapato
é pequenina, é de aço
percorre o mundo num ato
não sei se rápido ou lento

Gladis Deble




Vou aonde me leva o pensamento.
Longe ou perto, me leva a vertigem
Frenética, atendo ao chamamento
E assim, minha alma e o tempo colidem.

A alma embriagada de emoção
Se une ao pensamento, na voragem;
Bate alucinado o coração
E eu me entrego à vertigem na viagem...

E assim vou percorrendo o mundo.
Não há distância, meu voo é veloz;
Abraço o mar e a terra circundo.

E me agarro às barbas do tempo
E cavalgo as horas sem sentir.
E é assim que me invento e reinvento.


Jane Moreira



Nenhum comentário:

Postar um comentário