quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Amo-te





Amo-te

Amo-te, assim,
Sem condições,
Sem quesitos, enfim.

Amo-te, pois,
De corpo e alma,
Até o infinito, hoje e depois.

Amo-te totalmente
Sem restrições
Imensuravelmente

Amo-te, também,
Como a nuvem calma
Livremente, depois e além...

E nos amamos, no mesmo anseio.
E nos sintonizamos,
Sem quases e sem receios.


Jane Moreira



Nenhum comentário:

Postar um comentário