segunda-feira, 30 de setembro de 2013

O amor e as estrelas




Amor nas estrelas


Meu amor é a estrela constante,
a guiar-me nos caminhos da vida.
Quando penso estar perdida,
meu amor é a luz cintilante.

Meu amor é meu mentor,
minha estrela e proteção.
Meus versos fogem da dor
e encontram luz na escuridão.

Sou poeta e sou pintor,
pincelo versos em aquarela.
Em nuance, tom e cor,
pinto o amor e tu és a tela.

Quando me junto às estrelas,
Companheiras do anoitecer,
meus versos de amor fluem ao vê-las,
como se fossem gotas de luz a verter.


Jane Moreira









Nenhum comentário:

Postar um comentário