segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Desvendando-me

Mote:
"Conhecer a sua própria escuridão é a melhor maneira de lidar com a escuridão dos outros."
Carl Gustav Jung





Desvendando-me

Como a noite escura,
A mente se esvazia
E vai, nessa procura,
Buscar a fonte luzidia.

Desvendar-me é preciso.
Amanhecer como um novo dia...
Pelas obscuras linhas, pesquiso...
Viajante, sou, eu mesma, meu guia.

E quando a luz encontrar,
Nesta ou noutra direção,
Será meu novo caminhar,
Desvendada a escuridão.

Será o caminho da consciência,
Já liberta de segredos,
Já sem buscas, sem ambivalência,
Sem algemas, sem medos.

Jane Moreira



Nenhum comentário:

Postar um comentário