segunda-feira, 30 de setembro de 2013

De cores e vozes

Mote:
E se as cores tivessem voz?




De cores e vozes


O vermelho clamaria pela paixão
Louca, exacerbada e obstinada...
O branco repetiria o refrão:
Paz e amor, gente amada.

O amarelo, irradiando calor,
Gritaria louvores ao sol
E o verde, em todo seu esplendor,
Seria o campo saudando o arrebol.

A cor-de-rosa diria com calor
Que a vida pode ser maravilhosa.
E, olhando as cerejeiras em flor,
De sua cor ficaria orgulhosa.

E todas as cores em coro
Cantariam o hino do amor
Não dariam voz ao choro
Em vez disso, coloririam a flor

Jane Moreira







Nenhum comentário:

Postar um comentário