sexta-feira, 22 de março de 2013

O Jogo da Vida





O Jogo da Vida

O jogo da vida é xadrez complicado.
Para chegar ao topo, precisa ser dedicado.
Apelei para a esperteza.
E da minha sorte ter a certeza.

Às vezes, meu jogo foi como o poquer.
Na face sempre levei a certeza
E blefei bastante, é verdade.
Mas não traí amizade.
.
Vivi como quis,
Inimigos?  Não sei se os fiz.
Arrependimentos? Talvez,
Tristezas, por querer, não causei.

Vivi, amei, brinquei e joguei...
E, sem ajuda, eu fiz meu caminho.
E cada passo que dei, evitei espinho.
Desbravei, fui à luta, sofri frustração,

Mas como bom jogador,
Soube inverter a situação.
E a vida tem sido um jogo...
Às vezes perco, às vezes ganho...

Amo, rio e brinco mas não choro em vão.
Não sou herói, nem sou vilão,
Sempre tive a melhor cartada
A meu favor, em cada rodada.

Jane Moreira








Nenhum comentário:

Postar um comentário