terça-feira, 5 de março de 2013

Esperança



MOTE:
"O coração é uma
riqueza que não se
vende nem se compra.
Presenteia-se."

Gustave Flaubert,







Esperança

Preciso de um coração
Que bata forte, destemido.
Que possa sentir paixão,
Mas nunca por ela vencido.

Que venha com a certeza
De ser fiel na alegria
E sempre leal na tristeza.
Sem barganhas ou hipocrisia.

Pode ter sido usado,
Sofrido por outro alguém;
Até mesmo desprezado,
Mas não seja da dor um refém.

Não demore tanto, porém,
Pois já é longa minha espera
Isso é o que viva me mantém
E dos males é o que me libera.


Jane Moreira





Nenhum comentário:

Postar um comentário