segunda-feira, 11 de março de 2013

Incompletude



Incompletude

Sou como a folha solta ao vento,
Quando estás de mim tão perto,
Quando sinto a alma num deserto
E longe vai seu pensamento...

Sou como o orvalho que cai
Da folha direto ao chão,
Quando sinto que a paixão
Como fumaça, se esvai...

E você é como o vento
Violento, frio, cortante,
E eu sinto que o instante
É indício de dor e sofrimento

É o amor pela metade,
Incompleto, rarefeito,
Árido, imperfeito.
É o amor do nosso jeito.

Para nós, esta incompletude
É o que nos liga, nos separa e nos ilude...


Jane Moreira






Nenhum comentário:

Postar um comentário