quarta-feira, 20 de março de 2013

Divino



Divino

Divina é a vida se desenrolar
E a nossa capacidade de amar.

Divino é sorver as delícias do amor
Como a abelha, o néctar sempre a seu dispor.

Divina é a lua que vem e vai embora
E a chuva bendita que grita e chora.

Divino é o sol que surge radiante
E enche de alegria o campo nesse instante.

Divino é o mar e a própria natureza,
O dia, a noite, a força e a beleza.

Divina é a roda da vida que nada atropela,
Que vida é mudança e eu mudo com ela.

E divino é o momento que vem como um presente
E o presente é o tempo que tenho para viver.



Jane Moreira









Nenhum comentário:

Postar um comentário