quarta-feira, 20 de março de 2013

Dias de Chuva (indriso)




Dias de Chuva

Nos dias de chuva,
Sinto que a água, que lava o ar,
Lava meus erros e me faz desabrochar.

Nos dias de chuva, sinto o peito desapertar,
Minha poesia parece querer saltar,
Todas as mazelas quero curar.

Mazelas do mundo a chuva leva.

Sujeira do mundo, a chuva lava.

Jane Moreira











Nenhum comentário:

Postar um comentário