sexta-feira, 22 de março de 2013

AOS TRANCOS E BARRANCOS




Estrada ondulante...
Terremoto de sentimentos
Agitam meus pensamentos.
Tropeço e sigo adiante...

Estrada cambaleante...
Não guardo ressentimentos
E nem tenho gratidão.
Acompanho a reta do chão,
Aos trancos e barrancos...


Jane Moreira








Nenhum comentário:

Postar um comentário