sábado, 20 de outubro de 2012

Pretérito Imperfeito

MOTE

Eu vi bandeiras abertas
sobre o mar largo
e ouvi cantar sereias.
Longe num barco,
deixei meus olhos alegres,
trouxe meu sorriso amargo.

Cecilia Meireles




Pretérito Imperfeito

Não, eu não vi
O colorido do sol ao nascer.
Não vi a madrugada, o alvorecer...
Perdi o espetáculo da manhã.

Eu não vi a flor brotar,
Não vi o esplendor do luar...
Olhei, mas não consegui enxergar
A beleza explodindo na natureza.

Não, eu não vi a flor desabrochar
E nem percebi a primavera chegar.
Não vi o sorriso no rosto angelical
E nem estava lá quando a criança nasceu.

Eu só percebi os sons e os aromas,
A estonteante beleza do mar
E o verde, alimento dos campos,
Quando eu já estava no anoitecer.



Jane Moreira


Nenhum comentário:

Postar um comentário