segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Por Engano (poemeto)





Por Engano

Por engano, deixei
Minha alma se chegar à tua.
Por engano, dei-te
Minha certeza, minha juventude.
E te peço, agora, que me restituas
Todo o amor que te entreguei em plenitude.


Por engano...

Jane Moreira






Nenhum comentário:

Postar um comentário