terça-feira, 17 de julho de 2012

Tempo de chegar



Tempo de chegar

Senhor das horas,
Que passa e deixa sua marca,
Marca também meu rosto;

O tempo passa correndo,
Feito o vento, varrendo o sentimento
E varrendo a esperança...

Senhor das horas,
Que manda na chuva,
Que manda no vento,

E que faz a criança
Crescer de repente
E marca as etapas da vida da gente,

Que rouba e carrega consigo
O melhor tempo da gente...
Como se fosse o inimigo,

Dê-me tempo para sentir
O roçar da brisa, o florescer do jardim...
Tempo, retarda os momentos de partir!
Repete os momentos de chegar...

Jane Moreira






Nenhum comentário:

Postar um comentário