domingo, 17 de junho de 2012

Perdidas palavras


Palavras perdidas,
que são ecos de alguém
e são os sons do espaço 
 invadem a quietude
de quem busca inspiração...
Na misteriosa amplitude,
 gemidos, lamentos,
são pedidos, sentimentos,
procurando ouvidos atentos.
E, como se entendesse
as palavras sentidas,
retalhos de vidas,
que ecoam no espaço,
o poeta, no mesmo compasso
e na mesma sintonia
compõe sua poesia,

Jane Moreira






Nenhum comentário:

Postar um comentário