domingo, 17 de junho de 2012

O INVERNO



O Inverno

Sinto a chegada do frio
Em cada rajada de vento em rojão,
Em cada ausência do cio
E o rumor das flores em rebelião.

É o motim das flores, greve anual,
Mas não é do outono o funeral

E sim, da natureza,  hiato natural

Já não há folhas douradas no chão.
Despede-se o outono 

saudando a próxima estação.
Que chega na alvura de seu chão



Jane Moreira







Nenhum comentário:

Postar um comentário