sábado, 5 de maio de 2012

Como se fosse nuvem



Como se fosse nuvem...

Foi como se alguém chegasse...
e eu, da solidão, escapasse.
Como se fosse o repouso,
e, afinal, encontrasse o meu pouso.
Como se fosse um presente,
que esperei no passado,
chega, agora, embrulhado,
na leveza das nuvens de algodão...

Jane Moreira



Nenhum comentário:

Postar um comentário