terça-feira, 29 de maio de 2012

Aconchego (poemeto)



Aconchego

Teu olhar de ternura
é o meu aconchego.
Tua forte figura
cala meu medo.
E minha amargura
da dor é só arremedo,
 diante da tua doçura,
que é onde me hospedo.

Jane Moreira






Nenhum comentário:

Postar um comentário