quinta-feira, 19 de abril de 2012

No fim do arco-íris








Num canto do mundo,
bem lá no fundo,
onde o sol não brilha,
atravesso uma trilha
e encontro uma luz.
São cores em camadas,
juntinhas, no céu pintadas,
paralelas e justapostas.
Percebo, então,
que, no fim do arco-íris,
pode haver uma resposta.

Jane Moreira


Nenhum comentário:

Postar um comentário