terça-feira, 27 de março de 2012

Olhos nebulosos





Olhos nebulosos

Quando te encontrei, numa esquina,
dessas que se encontram na vida,
não confiei. Eras um enigma,
desses que a vida, um dia, ensina.

Aos poucos, fui-te conhecendo,
Observando, desconfiando...
Aos poucos, fui percebendo,
 teus olhos te entregando...

Esses teus olhos nebulosos
mostram de tua alma a verdade.
Esses olhos frios, maldosos...

E quando percebi a realidade,
nos dias mais que tenebrosos,
descobri onde reside a maldade.

Jane Moreira


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário