sexta-feira, 2 de março de 2012

Louvação



Louvação

Louvo minha cidade,
Onde um dia, eu, criança,
Vivia na paz e tranquilidade.

Louvo da Tijuca, a floresta,
Maior urbana do mundo.
Louvo o fevereiro que é festa
E a beleza do seu mar profundo.

Rio de Janeiro a Janeiro,
Meu amor primeiro,
Louvo a cuíca e o pandeiro.

E eu sei, com certeza,
Que, do meu Rio, a beleza,
Lá está para ser louvada,
Amada e sempre cuidada.

Louvo onde o meu coração mora,
Louvo o céu de muitas cores,
E primaveras de muitas flores.

E já que louvei minha terra,
Louvo também esse povo,
Que não quer saber de guerra,
Que quer tudo lindo de novo!

Jane Moreira





Nenhum comentário:

Postar um comentário