quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

A dança das horas




A dança das horas

Dançam alegremente
As horas no firmamento.
Não têm pressa, dançam somente,
Celebrando cada momento.

Cada hora, cada ano luz, assim,
Vai passando em sintonia,
Através do espaço sem fim,
Onde tudo é harmonia...

Um pequeno planeta azul,
Solto no espaço, tão indefeso,
Girando de norte a sul,
E girando, é livre e preso.

E as horas, lentamente,
Dançam sem se importar
Se o planeta é resistente,
Se um dia vai acabar...

Jane Moreira



Nenhum comentário:

Postar um comentário