sábado, 7 de maio de 2011

Verdade e Mentira


Verdade e Mentira


Diga sem rodeios,
 Sem entremeios,
A verdade
Nua e crua, sem cores
E sem guirlandas de flores.
Não adorne a figura.
Eu a quero sem doçura,
Mesmo que cause dores.
Como um quadro,
a mentira é só a moldura,
Um enfeite, uma envoltura
Sem conteúdo e disforme.
A tela é a verdade,
Irmã da lealdade...
Surge sempre uniforme,
Límpida e transparente,
Sempre reluzente.
Lealdade é a sepultura
Da mentira e da impostura.

Jane Moreira



Nenhum comentário:

Postar um comentário