segunda-feira, 2 de maio de 2011

O Peregrino






O Peregrino

Ele caminha sob o sol,
E vai cabisbaixo, o andarilho triste.
Da noite escura ao arrebol
Segue em frente, não desiste...

Sob o sol escaldante,
Seu andar determinado.
No rosto, uma tristeza gritante
Revela um coração maltratado...

Sua energia, porém, é pulsante,
Ele mesmo fez seu caminho
E só quer seguir adiante...

E ao longe, o vulto sozinho,
Na curva da estrada, o caminhante,
Vai só, sem um carinho...


Jane Moreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário