segunda-feira, 9 de maio de 2011

Encantamento



                                                           

Visto a roupa do meu signo,
Perfumo-me de absinto
E saio à procura de mim.

Viajo por entre constelações,
Cabelo ao vento, montada na noite,
Brilhando na minha fantasia

Sou Afrodite na minha beleza,
Artêmis na minha coragem,
Caçando pedaços de mim na viagem.

Entro em galáxias, varo a escuridão,
Numa outra dimensão
E caminho no espaço.

Piso no manto de estrelas,
E busco a minha verdade,
Além do espaço, a claridade.
.
Acordo sobressaltada
Pela ilusão, porta aberta
Ao encanto. E do meu sonho liberta.

Dispo-me da beleza de Afrodite,
E das flechas de Artêmis.
E apeio do alazão da noite.

Espera-me no espaço, fantasia!
De novo, irei te encontrar...
Quando o encanto da realidade se quebrar...


Jane Moreira




Nenhum comentário:

Postar um comentário