terça-feira, 29 de janeiro de 2013

De madrugadas e estrelas

Mote: Ouvir estrelas (Olavo Bilac)







De madrugada,
as estrelas conversam
na estrada sideral...

E eu,
simples mortal,
fico a ouvir...

Querendo à conversa aderir,
não posso dizer o que faço.
O certo é que conversamos,
noite adentro, pelo espaço.

Jane Moreira





Nenhum comentário:

Postar um comentário