terça-feira, 3 de maio de 2011

Chama






Chama é a abrasadora paixão,
chama é o desejo no olhar...
chama é a ardente intenção.

Doce é o carinho, o afagar,
doce é a mão na mão...
Doce é a lágrima a rolar.

Sublime é o encontro de amor,
sublime é queimar sem doer,
sublime é amar sem temor.

E é sublime a chama que teima,
e doce e sutilmente se faz sentir
É chama que arde e não queima

Jane Moreira




Nenhum comentário:

Postar um comentário